06/12/2019 23:27:09

Municípios
29/04/2011 09:09:39

MPF denuncia ex-gerente dos Correios de São Brás


MPF denuncia ex-gerente dos Correios de São Brás
São Brás vista aérea

Com gazetaweb // Fonte ascom

 

O Ministério Público Federal em Arapiraca denunciou, nesta quinta-feira (28/4), o ex-gerente da agência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos do município de São Brás, Silvano Cardoso, por crime de peculato, em razão do desaparecimento de mais de R$ 12 mil, quando o denunciado exercia o cargo de gerente da agência.

O crime foi descoberto pela ECT no dia 6 de janeiro de 1999, logo após o denunciado deixar a gerência. "Constatamos que, no âmbito administrativo, foram tomadas todas as medidas a fim de o denunciado ressarcir a empresa pública e apresentar defesa com relação ao débito. No entanto, todas obtiveram o insucesso", relata o procurador da República Samir Nachef, que assina a denúncia.

Conforme argumentou Nachef, na condição de gerente da agência, o então empregado da ECT tinha o dever de agir para impedir o desaparecimento da verba pública sob sua responsabilidade. "O denunciado não tomou os devidos cuidados com os valores que estavam sob sua guarda, não prestou contas da diferença constatada, nem apresentou explicações plausíveis para o ocorrido, mantendo-se inerte", justificou o representante do MPF/AL. Ainda segundo ele, após o procedimento administrativo instaurado pela empresa, Cardoso foi dispensado, sem justa causa.

Se condenado pelo crime de peculato (previsto no artigo 312 do Código Penal Brasileiro), o ex-gerente dos Correios pode cumprir pena de reclusão de 2 a 12 anos, além de multa.




Enquete
Você concorda com a redução de horário das delegacias de Alagoas
Total de votos: 23
Google News