24/08/2019 12:55:32

Alagoas
20/04/2011 09:38:41

Mulher ateia fogo em veículo do ex-marido em Penedo


Mulher ateia fogo em veículo do ex-marido em Penedo
Se a moda pega ...

Com aquiacontece // rafael medeiros

 

Um crime de motivação passional marcou a noite desta terça-feira, 19, no conjunto Carlos Lyra, conhecido como “Cidade do Povo", situado em Penedo. Por volta das 21h30 quando estava em casa na companhia da esposa e da filha de 4 anos, o trabalhador autônomo Pauto Sérgio da Rocha, de 36 anos, foi surpreendido por sua ex-mulher que chegou bêbada em sua residência agredindo-o verbalmente e ameaçando voltar ainda durante a noite para se vingar pelo fato do ex-companheiro ter requerido na justiça a guarda do filho do casal, um menino de 2 anos, fruto do relacionamento que durou também cerca de dois anos com a antiga companheira.

 

A ex-mulher de Paulo Sérgio, identificada por Alailce Silva Monteiro, 22 anos, cumpriu a promessa e por volta das 23 horas voltou à residência da vítima e começou a gritar para que ele abrisse a porta. Sem ser atendida, a acusada jogou várias pedras na porta da casa, mas sem obter êxito no atendimento de seu chamado violento, partiu para o carro de Paulo Sérgio que estava parado em frente a sua casa e ateou fogo no veículo depois de jogar gasolina sobre a boleia da caminhonete que a vítima utiliza para efetuar o serviço de frete.

 

Após incendiar o veículo, Alailce que estava em companhia de outra mulher, identificada por populares da cidade do povo como “Priscila”, fugiu do local em direção à  “Toca do Índio”. Os vizinhos que perceberam o fogo no veículo gritaram por Paulo Sérgio que de imediato agiu junto com amigos e conseguiram apagar o fogo evitando que o carro fosse completamente incendiado.

“Há 15 anos que trabalho com esse veículo que herdei de meu pai. Nunca pensei que a minha ex-mulher fosse capaz de querer acabar com o ganha pão que me ajuda diariamente para proporcionar uma melhor condição de vida a nosso filho. Infelizmente a criança sofre atualmente com a falta de zelo de sua mãe, que vem deixando o menino com a avó para andar por aí se embriagando”, desabafou Paulo à reportagem do aquiacontece.com.br.

 

O caso foi registrado na Delegacia Regional de Penedo e a acusada foi detida ainda na noite desta terça, quando estava bebendo em companhia de três amigos nas proximidades da orla ribeirinha da cidade. Alailce foi ouvida pelas autoridades policiais e posteriormente liberada. Na tarde desta quarta-feira(20), testemunhas serão ouvidas pelo delegado para que a acusada seja submetida às penalidades da lei.
 


 



Enquete
Dos nomes abaixo qual você escolheria votar para Prefeito?
Total de votos: 1648
Google News