21/11/2019 04:47:44

02/10/2007 00:00:00

Polícia


Polícia

O técnico em contabilidade, Severino Martins da Silva, de 56 anos, que foi baleado na tarde ontem em Chã Preta, durante a fuga da quadrilha que roubou o Banco do Brasil, da cidade de Viçosa, morreu na madrugada de hoje. Ele chegou a ser socorrido e operado na Unidade de Emergência Armando Lages, mas, não resistiu aos ferimentos.

Segundo o filho da vítima, Leonildo Pereira da Silva, que presenciou a troca de tiros ao lado do pai, eles estavam conversando na porta do escritório de Severino, no Centro de Chã Preta, quando algumas pessoas avisaram que os bandidos estavam chegando atirando. “A gente tentou entrar no escritório para evitar ser atingido pelos tiros, mas, não deu tempo e meu pai acabou ferido”, contou.

Severino Martins foi atingindo com dois tiros na altura do peito e nas nádegas. “Foi um susto quando os bandidos se aproximaram atirando; quando vimos, meu pai já estava caído no chão baleado; imediatamente socorremos ele e trouxemos para o hospital em Maceió”, disse Leonildo. “Ele tinha sido operado, estava em observação. Todos achávamos que ele ia sobreviver; esse Estado está desgovernado. Essa violência tem que terminar”.

O corpo da vítima está no Instituto Médico Legal Estácio de Lima, onde está sendo submetido a necropsia. Familiares aguardam a liberação do corpo. O velório do técnico de contabilidade, acontece ainda hoje em Chã Preta, às 17 horas.

Assalto ao Banco do Brasil

Os criminosos roubaram a agência do Banco do Brasil, no Centro de Viçosa, por volta das 11 horas de ontem. Eles renderam os funcionários e clientes do banco e fugiram levando como refém o gerente da agência José João dos Santos e a funcionária Késia Pereira. Após a troca de tiros eles libertaram os reféns em Chã Preta e logo em seguida, abandonaram o carro, uma Ranger preta numa Fazenda na mesma cidade. O valor do assalto ainda não foi divulgado pelo Banco do Brasil.

com alagoaraagora



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2683
Google News