15/11/2019 04:25:41

25/09/2007 00:00:00

Polícia


Polícia

Os servidores da Polícia Federal devem paralisar todas as suas atividades a partir de hoje. A categoria decidiu na última quinta-feira em assembléia realizada em Brasília, entrar em greve por tempo indeterminado.

A categoria reclama do descaso do governo Federal, que ainda não apresentou proposta para a reestruturação do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal. Revoltados com a falta de propostas, os servidores federais avaliaram durante a assembléia que já foi dado tempo suficiente para a bancada governamental resolver a questão.

Ainda segundo a categoria, eles exigem tratamento isonômico por parte do governo, que tem dado tratamento diferenciado aos servidores do Departamento de Polícia Federal, contemplando a carreira policial com a recomposição de salários e protelando o cumprimento do Termo de Compromisso assumido com o PECPF.

“Foi cumprido integralmente o acordo com as outras categorias da Polícia Federal, mas os servidores do PEC não foram atendidos. O governo está querendo que a categoria vá para o confronto. Cabe a cada um de nós levantarmos a cabeça e fazer o enfrentamento”, ressaltou a presidente do SINPECPF, Hélia Cassemiro.

Ela declarou ainda que os servidores do PEC têm condições de fazer uma mobilização unificada para mostrar ao governo sua importância. “É uma luta justa e honesta, não somente pela melhoria dos servidores do Plano Especial de Cargos, mas por um Departamento de Policia Federal forte e moralizado”.

A AGE aprovou a proposta única de greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira, atendendo o prazo de 72 horas para comunicar as autoridades competentes.

Além de Alagoas, os servidores de Sergipe, Pernambuco e Santa Catarina também decidiram pela greve por tempo indeterminado.

Fonte: com assessoria de comunicação



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2632
Google News