14/11/2019 03:01:17

23/09/2007 00:00:00

Maceió


Maceió

Um incêndio criminoso destruiu o lar de 49 famílias na Favela Sururu de Capote na madrugada de hoje. As chamas começaram a se alastrar por volta das 2h30 da manha deste domingo, dia 23, e foram provocadas por um morador.

O fato aconteceu numa parte da comunidade onde os barracos foram construídos sob uma torre de alta tensão da Companhia Energética de Alagoas (Ceal).

“Se não fosse a rapidez com que os bombeiros nos socorreram não sei o que teria sido de nós”, revela a líder comunitária Rosangela da Silva Santos, que também perdeu sua casa.

Segundo ela, dos 56 barracos da comunidade restaram apenas sete. “São centenas de pessoas sem ter onde passar a noite”, revela.

A dona de casa Vanessa Nascimento da Silva é uma das vítimas. Ela conta que chegou a ouvir quando o rapaz que ateou fogo no próprio barraco saiu correndo e gritando que ia queimar tudo. “Aquele maluco. Dizem que brigou com a mulher e resolver punir todo mundo”, conta a vítima do incêndio.

Ao relento

As 49 famílias devem contar com a solidariedade de parentes e amigos para ter onde passar essa noite. As vítimas do incêndio não conseguiram salvar sequer roupas e muitas estão acampadas no canteiro central da principal avenida do Dique Estrada.

Segundo a líder comunitária Rosangela Santos, uma reunião foi marcada com o secretário de Habitação do município para ver como a Prefeitura de Maceió poderá ajudar as vítimas.

A reunião acontece amanhã, dia 24, às 8h, na sede da Secretaria Municipal de Habitação.

com alagoasagora // clarissa veiga



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2627
Google News