17/11/2019 08:57:58

10/10/2010 00:00:00

Polícia


Polícia

Com ojornal-al //

Mais dois moradores de rua foram vítimas da violência em Maceió nas últimas horas. Um deles morreu depois de ter sido espancado e ter sofrido golpes de concreto na cabeça. O outro também foi agredido e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE).

De acordo com o Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), o primeiro caso aconteceu ainda no final da noite deste sábado. Francisco Moura da Silva, de 38 anos, sofreu várias pedradas na cabeça por um desconhecido. A agressão aconteceu na Praça dos Martírios, nas proximidades do Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió. Francisco foi levado para o HGE.

Já bem próximo ao posto de gasolina que fica na entrada do Conjunto José Tenório, outro morador de rua foi espancado até a morte. A polícia não conseguiu identificá-lo, mas divulgou que ele tinha entre 25 e 30 anos, possuía pele morena, cabelos cacheados e, quando foi assassinado, trajava camisa vermelha e bermuda verde.

Além disso, ainda conforme a PM, a vítima tinha várias tatuagens pelo corno, sobretudo nas pernas e nas coxas.

Este é o 21º caso de morador de rua que é assassinado em Maceió. Esta crescente violência específica para estas vítimas já causou, inclusive, repercussão internacional.



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2644
Google News