18/09/2019 21:42:00

01/10/2010 00:00:00

União dos Palmares


União dos Palmares

antonio aragão //

Cerca de cinqüenta pessoas sem-teto que estão alojadas nas escolas da cidade ou no Ginásio de Esportes Governador Manoel Gomes de Barros em União dos Palmares fecharam na manhã desta sexta feira (01) a Rua Marechal Deodoro, defronte Prefeitura Municipal, e apresentaram através de uma comissão de onze representantes uma pauta de reinvidicações ao Prefeito Areski de Freitas que os recebeu na sala de reuniões da Prefeitura, onde também compareceram as secretárias de Ação Social Lidia Campos, de Saúde Genilda Moreira Rodrigues, o secretário Executivo da Defesa Civil de Alagoas cel. Denildson, o cel. Maaceas Silva Lima comandante do 2º BPM que se fazia acompanha do capitão Lima Araujo, o major Verçosa do Corpo de Bombeiros.

A reunião durou quase duas horas e ao final ficou estabelecido que a Prefeitura entre outras coisas vai providenciar cesta básica para os manifestantes utilizar durante 30 dias, transporte para as crianças irem para a escola, água potável para consumo humano, assistência médica a todos, e que seja resolvida a não remoção das famílias para os alojamentos (que diz respeito ao prazo de entrega das casas populares que estão sendo construída), e finalmente o prazo para o termino da construção das casas.

Das seis reinvidicações dos desabrigados, uma foge da alçada do prefeito que é o prazo de construção dos núcleos habitacionais quase que idêntica a não remoção das famílias para as barracas de lona; como medida paliativa, o prefeito ofereceu três kombis do município para uma comissão ir verificar na cidade de Murici como vivem os que perderam suas casas nas barracas “diferente da imagem que os desabrigados pensam ser” disse um participante da reunião.

Também foi tratado o tema da segurança, oportunidade em que o Prefeito assegurou a presença constante de três vigilantes municipais em cada bloco de alojamento, o que foi rejeitado pelos desabrigados, assunto que somente foi resolvido com a interferência do cel. Maaceas que após a eleição deve determinar a presença dos militares nas áreas reclamadas.

O movimento parou parcialmente o centro da cidade e foi acompanhado com discrição por policiais do PELOPES. E por volta das 14h30minhrs, após o acordo firmado, os manifestantes liberaram a rua e rumaram para seus locais de origem.

Veja o Vídeo

http://www.youtube.com/watch?v=_J8ZiIFI678

 

Galeria




Enquete
Dos nomes abaixo qual você escolheria votar para Prefeito?
Total de votos: 5273
Google News