22/04/2019 06:10:33

11/09/2010 00:00:00

Politica


Politica

Com aquiacontece // rafael medeiros

O presidente do Partido Social Cristão – PSC, Marcos Calheiros, informou a imprensa na tarde deste sábado (11), a desistência de Carlos Alberto Canuto de sua candidatura à reeleição. De acordo com o presidente do PSC, a desistência do candidato é real, no entanto, não explicou qual teria sido o motivo que levou Carlos Alberto Canuto a tomar a decisão.

Na última pesquisa Sensus/O Jornal, o deputado federal aparece na oitava posição entre os candidato que disputam uma das nove vagas oferecidas em Alagoas para a Câmara Federal. Em 2006, Carlos Alberto Canuto foi eleito com 67.784 votos, correspondente a 4,88% dos votos válidos naquele pleito eleitoral.

O candidato que aparecia na última pesquisa garantindo sua vaga em Brasília, integrava a coligação “Alagoas no Caminho do Bem”, encabeçada pelo atual governador Teotônio Vilela Filho (PSDB), que também disputa sua reeleição, ocupando o terceiro lugar em todas as pesquisas feitas em Alagoas.

Deputado pela primeira vez, Canuto, foi relator na Câmara Federal de nove proposições durante os últimos três anos e meio, tendo anteriormente apresentado outras sessenta e cinco. Ele também foi autor do projeto de lei que visa uma maior segurança nas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Durante seu mandato como deputado federal, Canuto também foi autor da ação que sugeria novas linhas de crédito para os produtores de biocombustíveis, apresentando também projeto de Lei que proíbe que estrangeiros possam comprar terras no Brasil para destiná-las à produção de agroenergia.
 



Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 20033
Google News