25/06/2019 04:43:34

09/09/2010 00:00:00

Municipios


Municipios

Cm agêncialagoas //

O governador de Alagoas em exercício, José Wanderley Neto, assinou nesta quinta-feira (9), na sala do Programa da Reconstrução, no Palácio República dos Palmares, as ordens de serviços para execução das obras de reconstrução e recuperação de rodovias, estradas vicinais, pontes e vias urbanas dos municípios que foram atingidos pela enchente, ocorrida em junho.

Por intermédio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), o governo de Alagoas fará a execução das obras dividas em lotes dentro dos contratos de emergência com recursos enviados pelo governo federal, da ordem de R$ 87,7 milhões.

“Essas obras representam o compromisso e o esforço do governo de Alagoas com a reconstrução das cidades atingidas pela enchente”, reconheceu o governador José Wanderley Neto, na solenidade de assinatura das ordens de serviços com representante das empresas construtoras. Segundo ele, é visível o comprometimento e a determinação dos técnicos que fazem parte do Programa da Reconstrução, que é coordenado pelo secretário Luiz Otavio Gomes.

“Vamos fazer disso uma oportunidade para que possamos dar melhores condições de vida para essas famílias, construindo cidades mais adequadas à moradia, organizando também outros setores como saúde, educação e lazer. Essas pessoas têm agora a chance de morar em um lugar mais apropriado e esse tem sido o nosso objetivo desde o início”, destacou José Wanderley.

Pelo contrato assinado com as empresas, como explica o diretor-presidente do DER, Marcos Vital, serão construídos e recuperados 64 km de estradas estaduais, 345 km de estradas vicinais, 135 mil m² de vias urbanas, além da construção de 54 pontes e a restauração de mais 11 pontes nas cidades de São José da Laje, Santana do Mundaú, Rio Largo, Murici, União dos Palmares, Quebrangulo, Viçosa, Cajueiro, Paulo Jacinto, Branquinha, Satuba, Jacuípe, Capela, Matriz de Camaragibe, Joaquim Gomes e Jundiá.

Como informa o secretário de Estado da Infraestrutura, Fernando Nunes, com esses contratos, o governo de Alagoas já assinou oito ordens de serviços com os recursos da emergência. “Isso demonstra o empenho e a capacidade de trabalho da equipe do governo com a reconstrução das 19 cidades que foram atingidas pela enchente. É mais um compromisso honrado pelo governo de Alagoas dentro do Programa da Reconstrução”, afirmou o secretário.

As empresas terão até o dia 24 de dezembro, prazo em que acaba o período da emergência, para concluir as obras nas cidades afetadas. A orientação do governo é de que a mão-de-obra contratada pelas empresas seja feita nos próprios municípios. Com as obras nas 19 cidades, a previsão é de que sejam criados 1.500 novos postos de trabalho diretos. “A nossa exigência é que as empresas possam aproveitar os trabalhadores das cidades atingidas. Queremos com isso oferecer emprego e movimentar a economia dos municípios”, afirmou o governador.



Enquete
Na Eleição de 2020 em quem você votaria para Vereador de União dos Palmares?
Total de votos: 975
Google News