01/12/2021 23:44:54

11/09/2007 00:00:00

Interior


Interior

ARAPIRACA – Os trabalhadores dos Correios realizaram ontem pela manhã, em frente ao edifício-sede dos Correios de Arapiraca, um ato público para reivindicar melhorias salariais e a implantação dos Planos de Cargos e Carreiras e Salários (PCCS). A manifestação fez parte do calendário nacional de lutas da categoria, que está em campanha salarial.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios de Alagoas (Sintect-AL), José Balbino dos Santos, a categoria reivindica uma reposição salarial de 47,77%, índice equivalente às perdas salariais acumuladas desde 1994. Os trabalhadores também exigem um aumento real linear de R$ 200. Ele explicou que a data-base dos trabalhadores dos Correios é no dia 1º de agosto, que a categoria enviou uma pauta de reivindicações, mas a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) ofereceu um reajuste de apenas 3,74%, que não foi aceito pelos funcionários.
O carteiro de Arapiraca James Magalhães informou que recebe um piso salarial de R$ 524,00. O funcionário disse que a categoria reivindica que o salário inicial passe para R$ 1.089,48. “Enfrentamos muitas dificuldades no nosso trabalho e deveríamos ter um salário mais digno”, reclama.

Com O Jornal-Al



Enquete
Qual desses politicos alagoanos você votaria para Governador em 2022?
Total de votos: 16
Google News