02/12/2021 01:24:46

11/09/2007 00:00:00

Economia


Economia
A Agência Nacional de Petróleo divulgou em seu site mais um levantamento de preços de combustíveis em todo o país. O resultado é catastrófico para Maceió que além de ter a gasolina mais cara do Nordeste e a terceira do País apresenta o pior desvio padrão (diferença de preços entre os postos) do Brasil.
 
O preço praticado em Maceió é tão absurdo que mesmo em comparação a outros municípios alagoanos a situação é constrangedora. Enquanto em Arapiraca o preço médio dos postos é de 2,706, na capital alagoana este valor é de 2,883. Dependendo de sua localidade fica melhor para o motorista se deslocar até Rio Largo na Grande Maceió que tem como preço médio 2,677.
 
Em relação aos preços praticados em outras capitais nordestinas mais uma vez o resultado é vergonhoso. A compra na distribuidora não justifica o alto preço já que ele é semelhante e em alguns casos até mais barato para os postos alagoanos.
 
Veja abaixo o preço médio aplicado em cada capital:
 
Aracajú – 2,308
Natal – 2,439
Teresina – 2,558
Recife – 2,663
João Pessoa – 2,386
São Luiz – 2,707
Fortaleza – 2,635
Salvador – 2,387
Maceió – 2,833
 
A tendência é que dentro de três ou quatro meses Maceió se torne a capital mais cara do Brasil no quesito gasolina, já que Rio Branco no Acre e Palmas no Tocantins, as únicas capitais que ainda apresentam preços mais caros estão com uma tendência de baixa nos preços a cada levantamento, o que não acontece em Maceió.


Enquete
Qual desses politicos alagoanos você votaria para Governador em 2022?
Total de votos: 16
Google News