02/12/2021 01:02:12

09/09/2007 00:00:00

Polícia


Polícia

A dona-de-casa Djanira Paulino da Silva, de apenas 30 anos, foi encontrada morta por volta do meio-dia de hoje, em sua residência, na Rua Bom Jesus, na localidade conhecida como Alto da Boa Vista, em Guaxuma.

Djanira da Silva era casada e tinha dois filhos, um menino de apenas três anos e uma menina de oito e residia no Alto da Boa Vista há aproximadamente cinco meses, segundo informações dos vizinhos, que acompanhavam à distância a dependência da vítima em álcool.

O marido de Djanira, Marcos Oliveira dos Santos, de 36 anos, com que era casado há 10 anos, disse que havia deixado a mulher há uma semana e que atualmente reside na casa da sua mãe, com o filho do casal, enquanto Djanira ficou na residência com sua filha de outro relacionamento.

Marcos dos Santos - que foi informado da morte da ex-mulher quando saía do trabalho - confirmou que Djanira era viciada em álcool e disse que há cerca de 20 dias Djanira havia sofrido um mal súbito. Uma equipe do Samu chegou a ser acionada, mas a mulher se recuperou posteriormente.

Peritos do Instituto de Criminalística, que realizaram os primeiros levantamentos no local, disseram que a causa mortis só será determinada após a necropsia, mas que o consumo exagerado de álcool pode ter colaborado para a morte da vítima.

O corpo de Djanira acaba de ser levado para o Instituto Médico Legal Estácio de Lima e deverá ser encaminhado para União dos Palmares, sua cidade natal, onde deverá ser sepultada.

Com alagoas 24 horas // Cláudia Galvão



Enquete
Qual desses politicos alagoanos você votaria para Governador em 2022?
Total de votos: 16
Google News