19/05/2019 23:40:10

26/06/2010 00:00:00

Tv Tribuna União


Tv Tribuna União

Da Redação com Isolda Herculano (ascom)

 

Uma das maiores produtoras de etanol de Alagoas, a Usina Laginha, de propriedade do Grupo João Lyra, também teve sua estrutura seriamente danificada por conta das enchentes.

 

Cortada pelo rio Mundaú, a parte industrial, administrativa e até a vila de moradores que fica no entorno da unidade foi devastada. A água atingiu seis metros dentro da Usina. O laboratório de sacarose, as caldeiras, a casa de força, os depósitos de etanol, por exemplo, foram danificados e ainda não foi possível avaliar se voltarão a funcionar.

Há dois meses de entrar no período de safra, Gilberto Peres, superintendente da Laginha, falou em superação para que a unidade industrial volte a funcionar. “Não temos hoje uma previsão de quando isso irá ocorrer, mas estamos trabalhando para que tal fato se realize, pois a Laginha é a responsável pela movimentação da economia nessa região”.

 

Na entressafra, a Laginha emprega mais de 1.700 colaboradores. Esse número triplica no período de moagem. A produção diária de etanol é de cerca de 750 mil litros.

 

 

Acesse a URL abaixo

 

http://www.youtube.com/watch?v=GLrEEbenwXc

 



Enquete
Você concorda com a Reforma da Previdência?
Total de votos: 326
Google News