25/02/2021 22:24:21

24/06/2010 00:00:00

Tv Tribuna União


Tv Tribuna União

antonio aragão // socorro aragão (colaboradora)

 

 

Os moradores do município de São José da Laje (a 96 km de Maceió) viveram na ultima sexta feira (2010 18 jun) momentos de expectativa e medo quando perceberam a água do Rio Canhoto que margeia a cidade aumentar consideravelmente associado à chuva incessante que se abatia sobre todo o município.

 

As pessoas remanescentes de 1969 chegaram a pensar se tratar de uma nova edição da tragédia daquele ano quando apanhados de surpresa enquanto dormiam, os residentes na cidade fronteiriça no extremo leste do estado perderam mais de mil parentes e moradores na maior tragédia registrada na cidade que São José empresta o nome.

 

No sábado, enquanto procediam ao rescaldo dos pertences e lamentavam a chuva inesperada, muitos moradores fizeram questão de acompanha a reportagem e mostrar a exata localização de uma das ruas atingidas conhecida como Rua “Passagem de Maceió”; Se o dileto internauta observar o vídeo que exibiremos na ilustração desta matéria, perceberá que onde hoje existem casas construídas, antigamente era o leito do rio, além do que, a rua é em nível abaixo da água do caudaloso rio Canhoto.

 

Em parte, repetiu-se 69, respeitando-se as proporções: as ruas atingidas foram a Praça da matriz de São José, a Rua Zumbi, Rua da Passagem de Maceió, Rua Nossa Senhora do Rosário, Rua Prefeito Antonio Ferreira e finalmente a Rua das Laranjeiras.

 

O alento é que não se tem conhecimento de vitimas fatais, porém, moradores apelam às autoridades constituídas para que instituam em caráter emergencial o plano “Nossa Casa Nossa Vida” para que possam finalmente deixar a margem do Rio, para quando este achar que deva ser retomar o seu leito original.

 

Assista ao Vídeo

 

http://www.youtube.com/watch?v=8oqYIACkQG4

 



Enquete
Você é favorável a privatização do SAAE de União dos Palmares?
Total de votos: 314
Google News