30/11/2021 19:37:22

31/08/2007 00:00:00

Polícia


Polícia

O ex-deputado federal e médico Talvane Albuquerque, que foi apontado pelo Ministério Público Federal como mandante do assassinato da ex-deputada Ceci Cunha, deverá ser transferido para um hospital de Maceió.

Albuquerque sofreu um grave acidente na última quarta-feira, na cidade de Jequié, na Bahia, quando se dirigia para a Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, onde visitaria familiares.

Segundo informações da Polícia Rodoviária local, o ex-deputado, que conduzia seu veículo, se chocou de frente com um caminhão e teve ferimentos na bacia, pernas e face. Após receber os primeiros atendimentos, Talvane foi levado para um hospital em Piracicaba.

Funcionários do Hospital Santa Maria, em Arapiraca, que pertence a Talvane Albuquerque, informaram que o médico deverá ser transferido para Maceió, onde dará prosseguimento à sua recuperação.

Informações extra-oficiais dão conta que a mulher do ex-deputado, Nireide Albuquerque, estaria viabilizando a transferência do marido, que deverá ocorrer ainda hoje.

A assessoria de comunicação da Santa Casa de Misericórdia de Maceió confirmou agora há pouco que existe uma reserva em nome do ex-deputado, que será transferido de UTI, e que o paciente será atendido pelo médico ortopedista Kléber Barbosa.

Assassinato

Por volta das 19h40 do dia 16 de dezembro de 1998, a deputada federal reeleita Ceci Cunha (PSDB) foi assassinada na varanda da casa de uma de suas irmãs, no bairro da Gruta, juntamente com o marido, Juvenal Cunha, o cunhado, Iran Carlos Maranhão, e sua mãe, Ítala Neide Maranhão. O caso ficou conhecido como a "Chacina da Gruta".

Com alagoas 24 horas // Foto Arquivo GA



Enquete
Qual desses politicos alagoanos você votaria para Governador em 2022?
Total de votos: 4
Google News