02/12/2021 00:19:10

23/08/2007 00:00:00

União dos Palmares


União dos Palmares

Todos os postos de saúde de Maceió e do interior do Estado estão abastecidos com doses da vacina contra a poliomielite (paralisia infantil), para imunização de todas as crianças de zero a quatro anos de idade em Alagoas, na segunda etapa da campanha, que tem o slogan “Segunda dose. Tem que tomar”.

A campanha foi iniciada segunda-feira, 20, e prossegue até o próximo dia 31. Mas, o sábado, 25, será a data oficial de mobilização para garantir a cobertura vacinal de 100% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para Alagoas, que é de 345.147, sendo 60.720 crianças na faixa etária de menor de 01 ano e 284.427 na faixa de 1 a 4 anos.

A coordenadora estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), Arlete Rodrigues, orienta os pais e responsáveis a comparecerem nos postos de saúde munidos da caderneta de vacinação da criança, com a finalidade de atualizar as demais vacinas do calendário. Ela lembra, ainda, que todas as crianças na faixa entre zero e 4 anos devem tomar a vacina, inclusive as que foram imunizadas na primeira etapa, ocorrida no período de 11 a 22 de junho.

No próximo sábado, dia 25, além das unidades de saúde, mais de 800 postos de vacinação estarão funcionando em pontos estratégicos do Estado, como escolas, postos de combustíveis, supermercados, shoppings, associações de moradores, num esforço para garantir que nenhuma criança deixe de ser vacinada.

Os municípios serão supridos pelas Centrais Regionais de Rede de Frio, localizadas em Maceió, Palmeira dos Índios, Penedo, Santana do Ipanema, União dos Palmares, Arapiraca e Matriz de Camaragibe.

A abertura oficial, no sábado, será no município de Teotônio Vilela, às 8h, com a presença do secretário André Valente e demais autoridades da área de Saúde do Estado e do município, bem como do prefeito de Teotônio Vilela. “A estratégia de realização de campanhas anuais de vacinação em menores de cinco anos de idade é primordial para manutenção da erradicação da poliomielite no Brasil”, destacou o secretário estadual de Saúde, André Valente.

As vacinações em massa vêm contribuindo diretamente para a melhoria de coberturas vacinais de rotina, para a implementação da rede pública de saúde, a sensibilização da sociedade para os benefícios das imunizações, para a educação em saúde e para a concretização dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, quando sua meta é alcançar cada criança em todos os cantos do país.

“São momentos com estes, de grande mobilização que dispomos e devemos aproveitá-los ao máximo, em prol da garantia da não reintrodução da doença em nosso território”, reforçou a coordenadora do PNI, Arlete Rodrigues.

Jipeiros e Rotary Club - Mais uma vez, a Secretaria Estadual de Saúde contará com o apoio voluntário dos jipeiros de Maceió e de Arapiraca, que irão ajudar as equipes de vacinadores no transporte até as áreas de difícil acesso. Além disso, dirigentes do Rotary Club também já fizeram contato com o Programa Nacional de Imunização oferecendo-se para ajudar Alagoas a conseguir atingir a meta de cobertura vacinal.



Enquete
Qual desses politicos alagoanos você votaria para Governador em 2022?
Total de votos: 16
Google News